Suplementos Alimentares

Rádio ESPORTESNET

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Dilma garante que 9 dos 12 estádios para a Copa estarão prontos em 2012.

    

     A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, informou que nove dos 12 estádios que serão usados na Copa do Mundo FIFA 2014 vão estar prontos no ano que vem.

     O ritmo lento para o trabalho de construção dos estádios, juntamente com a básica infra-estrutura, como nos aeroportos, tem se revelado uma preocupação para a organização do torneio. Entretanto, Dilma, em sua coluna semanal “Conversa com a presidenta”, publicada nesta terça-feira (30/08), reiterou que o trabalho está sendo feito em um “ritmo adequado”.

     A presidente disse que as obras de nove estádios estarão finalizadas em dezembro de 2012. Os outros três serão entregues um ano depois. Além disso, Dilma comentou que os aeroportos de seis cidades-sede da Copa estão sendo ampliados e que o processo de licitação para a modernização de outros cinco aeroportos estão em andamento.

     Os comentários de Dilma foram feitos após o presidente da FIFA, Joseph Blatter, criticar políticos brasileiros por atrapalharem os trabalhos para a preparação da Copa. O dirigente falou que disputas internas entre prefeitos, governadores e o governo federal complicaram a organização do torneio.

     “Era mais fácil para a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) trabalhar com (o ex-presidente Luís Inácio) Lula (da Silva) do que agora com (a atual presidente) Dilma (Rousseff)”, comentou Blatter para o jornal “O Estado de S. Paulo”.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Barcelona atual comparado com a equipe de 1992 e com a Holanda de 1974, você concorda?

Time de Guardiola é comparado ao Corrossel Holandês e ao Barcelona-92, vencedor da Liga dos Campeões pela primeira vez

A máquina sensação do momento no futebol mundial.

     Revolucionário, ousado ou clássico? Na última segunda, o Barcelona não encantou a plateia do Camp Nou somente pela goleada sobre o Villarreal ou pelo futebol colossal de sempre. O atrativo da noite foi o esquema tático.

     Com Piquè e Puyol lesionados, o time de Guardiola foi a campo com apenas um zagueiro de ofício. Atrás, o francês Abidal teve apenas as companhias de Mascherano e Keita. Os três são reservas.

     Presa fácil para o ataque do Submarino Amarelo (sempre ousado quando visita o Camp Nou)? Nada. A equipe saiu ilesa. A rigor, só foi atacada uma única vez.

     – Já que não tenho zagueiros à disposição, vou atacar – justificou Guardiola após os 5 a 0.

     Na frente, a quantidade de jogadores com a camisa azul-grená, que aparecia a cada ataque, desnorteou a defesa rival e fez os mais saudosistas lembrarem o Carrossel Holandês da Copa do Mundo de 1974, uma seleção cujas características eram a movimentação e a participação dos dez jogadores de linha tanto na defesa, quanto no ataque.

      Outros preferem evocar o primeiro Dream Team do Barça, que venceu, pela primeira vez, a Liga dos Campeões da Europa, em 1992.





Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/minuto/Barca-muita-movimentacao-zagueiro-retaguarda_0_545345585.html#ixzz1WdTl7VIg

© 1997-2011 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



 Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

FIA confirma temporada 2012 com 20 provas.


     A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou nesta quarta-feira que a temporada de 2012 da Fórmula 1 terá 20 etapas.


F1 em 2012 com 20 provas.

      O Grande Prêmio do Brasil voltará a fechar o mundial, dia 25 de novembro.

      De novo teremos a volta do Grande Prêmio dos Estados Unidos, com a prova de Austin, Texas, sendo disputado no novíssimo Circuito das Américas, uma semana antes do GP Brasil.

Confira como ficou o calendário de 2012:

18 de março - Austrália (Melbourne)
25 de março - Malásia (Sepang)
15 de abril - China (Xangai)
22 de abril - Bahrein (Sakhir)
13 de maio - Espanha (Barcelona)
27 de maio - Mônaco (Monte Carlo)
10 de junho - Canadá (Montreal)
24 de junho - Europa (Valência)
8 de julho - Inglaterra (Silverstone)
22 de julho - Alemanha (Hockenheim)
29 de julho - Hungria (Hungaroring)
2 de setembro Bélgica (Spa-Francorchamps)
9 de setembro - Itália (Monza)
23 de setembro - Cingapura (Cingapura)
7 de outubro - Japão (Suzuka)
14 de outubro - Coreia do Sul (Yeongam)
28 de outubro - Índia (Nova Dehli)
4 de novembro - Abu Dhabi (Abu Dhabi)
18 de novembro - Estados Unidos (Austin)
25 de novembro - Brasil (Interlagos)

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Sandro Dias fala sobre título conquistado na Bélgica.




     Dois dias após conquistar seu sexto título mundial, brasileiro fez um análise do cenário do skate no Brasil. Esporte já é o segundo mais praticado no país

      Após garantir o sexto título mundial de skate vertical, Sandro Dias visitou nesta terça-feira (30) a sede da empresa que gerencia sua carreira, a XYZ Live, localizada na zona Sul de São Paulo. No encontro o atleta conversou com a imprensa sobre o título conquistado no último domingo, na Bélgica. O skatista falou sobre o segundo lugar na competição na Bélgica, última etapa do campeonato, e a emoção de trazer mais um título para o Brasil.

     "Na véspera da competição, eu refiz as contas do ranking e fiquei um pouco preocupado. A diferença para o Andy MacDonald era muito pouca. Para ser campeão, eu poderia terminar apenas uma posição atrás dele. A etapa da Bélgica tinha uma premiação financeira muito boa, então, havia muitos competidores e todos estavam andando muito bem. Estava bem tenso até anunciarem o resultado final. Depois, foi um alívio, por que a competição estava realmente muito disputada", disse Sandro Dias.

     "Sei o quanto esse título é importante para o esporte no Brasil e até comentei com o presidente da World Cup Skateboarding (WCS). Aqui, diferentemente de outros lugares, como os Estados Unidos, os heróis são criados apenas com vitórias. Espero que essa conquista sirva para reconhecimento e valorização do esporte, que já é o segundo mais praticado no Brasil, atrás apenas do futebol. Assim como em outras ocasiões, torço para que os meus resultados reflitam em benefícios e melhores oportunidades para os atletas brasileiros", completou o brasileiro.

      Sandro ainda comentou sobre as particularidades do sexto título do Mundial. "Foi uma conquista diferente. Como os cinco títulos anteriores vieram consecutivamente (entre 2003 e 2007), aquela foi uma época em que eu consegui me manter no topo. Desta vez, eu reconquistei o primeiro lugar com muito esforço. Me senti como da primeira vez, em 2003. E até fiz coisas iguais ao primeiro título, como ler o livro "A Semente da Vitória", do Nuno Cobra. A responsabilidade é enorme, já que competimos com uma galera nova e que não tem muito a perder. Então, eles arriscam muito mais", comentou.

     O skatista de 36 anos ainda fez um comparativo sobre os novos atletas, que também têm apresentado um excelente desempenho nas competições "A nova geração vem muito forte agora. Eles têm uma cabeça diferente, até porque eles não tiveram de passar por tudo que passamos. Eles chegaram em um cenário muito mais consolidado e bem estruturado. O acesso aos equipamentos e informações está mais fácil e isso com certeza faz diferença. Eu comecei a andar de skate com 11 anos e me profissionalizei com 21. Hoje em dia, disputo campeonatos profissionais contra meninos de 14, que andam desde os dois anos", explicou Sandro.

      "Mas isso também é muito bom, pois nos incentiva. A nossa geração é um pouco mais previsível. Estamos acostumados com o jeito que o outro anda. Os moleques vêm com algo novo a cada competição. Mas, assim como eles querem nos vencer, nós também não queremos perder. E quem ganha com isso é o público e o esporte, que vê uma grande evolução", concluiu.

     Sandro Dias embarca novamente para o exterior nesta quarta-feira. O atleta vai para Nova Iorque, onde participa de uma apresentação com Tony Hawk.

O skatista Sandro Dias é patrocinado por Red Bull, HD, Oakley e Positiv.

Acesse o site do skatista: www.sandrodias.com.br  

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Artigo: Dicas para escolher uma academia.

    


     Se você resolveu aposentar os pijamas e enfrentar de vez uma academia, saiba o que você deve levar em conta ao escolher uma. O ambiente, além de agradável, deve ter bons profissionais, que farão com que você se sinta ainda mais motivada.





     1 - Pergunte quantas vezes os aparelhos passam por manutenção e são limpos. A limpeza deve ser diária e a manutenção, pelo menos mensal.

      2 – Quando lhe mostrarem a instalação do local, preste atenção à manutenção geral, veja se os equipamentos cardiovasculares estão ultrapassados e inspecione a limpeza dos vestiários e banheiros.

     3 – Se o gerente tentar seduzir você com aulas de Pilates e ioga, pergunte sobre taxas extras. Muitos lugares fazem você pagar mais por esse tipo de serviço.

     4 – Academias matriculam mais alunos do que podem absorver, na esperança de que muitos deles faltarão. Se apenas 20% dos sócios aparecessem ao mesmo tempo, a maioria das academias não teria espaço ou equipamentos para atendê-los. Pergunte quais são os horários mais concorridos e apareça nessa hora para ver se o lugar fica apinhado demais para o seu gosto.

     5 – Os personal trainers de algumas academias recebem comissão mais uma pequena taxa por hora. Assim, cuidado com os que o perseguem para você se inscrever em uma sessão – é possível que estejam sendo pressionados para cumprir alguma cota de vendas. Você também deve perguntar a esses profissionais quais qualificações eles têm e conversar com alunos que já trabalharam com eles.

(Fonte: Dicas Secretas – Reader’s Digest)

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



 Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Dunga de volta ao comando

     Após recusar vários convites de equipes brasileiras, como o São Paulo, Botafogo, Internacional, só para citar algumas o ex-treinador da Seleção Brasileira de Futebol, Dunga ira assumir o Al-Rayyan do Qatar. O clube anunciou o acerto nesta Terça-feira (30).
     Dunga assume no lugar de Paulo Autuori que ira comandar a seleção pré-olímpica do país, na tentativa de classifica-la para as Olímpiadas de Londres em 2012.
    Agora Dunga caminha da forma correta no futebol, começar em clubes de menor  expressão, aprender a lidar com situações adversas, conhecer mais do meio para depois tentar novamente a seleção. Sem experiência e conhecimento não da para segurar um rojão como o da seleção, não é Mano Menezes ?


Dunga, a caminho do mundo árabe.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Na China, Sérgio Jimenez volta ao GT1

Piloto foi convidado pela DKR Engineering e correrá a antepenúltima rodada dupla do Mundial com o Corvette ao lado do francês Michael Rossi


     Sérgio Jimenez (GFS Software/CIAO) voltará ao volante de um carro do Mundial de GT1 da FIA neste final de semana. O brasileiro, que correu em duas rodadas duplas do campeonato em 2010, tendo chamado atenção de várias equipes da categoria, fará o retorno com o time que primeiro lhe deu a oportunidade em novembro do ano passado, em Interlagos: a DKR Engineering, preparadora dos Corvette Z06.

     "Desde o ano passado, quando corri no GT1 pela primeira vez, defini a categoria como um dos grandes objetivos da minha carreira ao lado da Stock Car. São os carros de turismo mais rápidos do planeta, e é a categoria mais importante e melhor consolidada entre os GTs", destacou Jimenez. "Eu já vinha conversando com a equipe desde o início do ano - eu tentando patrocínios aqui e eles na Europa para viabilizar a minha participação. O namoro foi longo, e somente agora eles conseguiram tornar possível que eu corresse pela DKR e estou extremamente feliz por ter dado certo".

      O GT1 volta às atividades depois de ter sua última corrida realizada no meio de julho, em Paul Ricard, na  França. Findas as férias do verão europeu, a categoria vai à China para sua oitava e antepenúltima rodada dupla do campeonato. O palco será o novíssimo circuito localizado na cidade de Ordos - a 760 quilômetros de Pequim. A capital chinesa também deverá receber no final de semana seguinte a nona e penúltima rodada dupla da competição - ainda falta confirmação oficial.

      O circuito de 3,7 quilômetros de extensão será uma novidade para todos, o que coloca Jimenez, de 27 anos, em um pouco mais de igualdade de condições com seus adversários. "Já corri com este carro, mas faz praticamente um ano. Vou ter de me reacostumar com ele, mas não acho que será difícil. Até porque a categoria não faz uma corrida desde o mês de julho, então todo mundo terá de fazer uma pequena readaptação. O que pesa contra mim é o fato de eu não estar fazendo a temporada toda, então ainda não tenho a mão do carro como os concorrentes, não estou entrosado com a equipe. São estes pequenos detalhes que no fim das contas até podem fazer alguma diferença", disse.

     Jimenez fez sua estreia na categoria em 2010 durante a penúltima rodada dupla da temporada, justamente no circuito de Interlagos. Convidado pela organização da prova a fazer dupla com o compatriota Claudio Dahruj, Jimenez impressionou a equipe DKR ao liderar o primeiro treino livre em seu primeiro contato com o Corvette. Seu desempenho lhe rendeu um convite para disputar as provas de encerramento do campeonato, no circuito de San Luís, na Argentina. Entretanto, Sérgio correu de Lamborghini para substituir Ricardo Zonta - e por indicação do mesmo. Na prova, foi o quarto colocado, tendo sido o melhor Lamborghini do fim de semana, ao lado do alemão Frank Kechele na All-Inkl.

     A meta de Sérgio Jimenez é repetir o bom trabalho com a equipe e iniciar as negociações para que se torne piloto oficial da DKR para a próxima temporada.


Piloto estará novamente a bordo do Corvette Z06 da DKR Engineering


Confira a programação do final de semana, no horário de Brasília:

QUINTA-FEIRA (01.set)
23h00 - 00h20: 1º Treino Livre

SEXTA-FEIRA (02.set)
04h30 - 05h50: Treino Pré-Classificatório
22h45 - 23h45: Treino Classificatório

SÁBADO (03.set)
04h15 - 05h15: 1ª Corrida
22h30 - 23h00: Warm Up

DOMINGO (04.set)
04h15 - 05h15: 2ª Corrida

Visite o site do piloto: www.sjimenez.com.br

Siga-o no Twitter: @sjimenez10
 
Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Vettel tem caminho suave para o Bi


Vettel com caminho tranquilo para o bi.

      Ao se fazer um comparativo entre 2010 e 2011 de Sebastian Vettel, o domínio do alemão fica nítido na atual temporada. No ano passado, o piloto da Red Bull teve desempenho oscilante nas primeiras 12 etapas do Mundial e anotou 151 pontos. Já neste campeonato, o agora campeão do mundo soma 259 depois da vitória em Spa-Francorchamps no último domingo (28), número superior até mesmo ao conquistado em toda sua jornada rumo ao título — quando marcou 256.

      Cada vez mais perto do bi, Vettel tem como concorrente mais ‘próximo’ o companheiro de time, Mark Webber. Próximo entre aspas, mesmo, já que o abismo que separa o jovem do veterano de 35 anos recém-completados, 92 pontos, deixa Sebastian em posição tão confortável que nem mesmo subir ao pódio se faz necessário para que o tedesco leve mais um caneco para sua cidade-natal, Heppenheim.

      Restam sete provas para o encerramento da temporada: Itália, Cingapura, Japão, Coreia do Sul, Índia, Abu Dhabi e Brasil. A vantagem de Vettel para o australiano é tamanha que o líder poderia ficar de fora das próximas três corridas, e ainda assim, voltaria para Yeongam com 17 pontos de frente, isso se Webber vencesse todas as etapas. Hipótese tão improvável quanto a de Sebastian ficar ausente de alguma etapa do Mundial, ainda mais com o segundo título mundial cada vez mais próximo.

      Mas Vettel já tem condições plenas de administrar a enorme vantagem que possui e apenas ‘correr para chegar’. Mesmo que o número 1 do mundo termine todas as sete corridas em quarto e Webber vença as etapas remanescentes do Mundial, ainda assim, o alemão seria campeão — de forma apertada, é verdade. Mark, que detém 167 pontos no ano, subiria no lugar mais alto do pódio, em Interlagos, com 342. Seb, se fosse quarto colocado em todas as etapas finais de 2011, somaria 343, ou seja, seria bicampeão com um ponto de diferença.

      Outro cálculo que se faz pertinente, dada a larga e confortável margem que Vettel ostenta para seus rivais, serve para projetar quando o campeonato será matematicamente definido. Claro que é apenas uma projeção, e isso não leva em conta o fato que a Red Bull é sabidamente inferior às rivais McLaren e Ferrari em Monza. Mas caso Sebastian vença as próximas três etapas do Mundial e Webber complete a dobradinha taurina, a diferença subiria para 113 pontos faltando apenas quatro corridas para o desfecho do certame.

      Dessa forma, Vettel viraria o bicampeão mundial mais jovem da história da F1 — com pouco mais de 24 anos — e alcançaria tal marca em Suzuka, circuito onde Alain Prost, Ayrton Senna e Nelson Piquet também celebraram um título da categoria.


Red Bull caminhando para o bi.

 
      Ainda sobre a classificação do Mundial de Pilotos em 2011, há um dado nada surpreendente, é verdade, mas que se faz necessário ressaltar. Apenas os cinco primeiros colocados — além de Vettel e Webber, Fernando Alonso (com 157 pontos), Jenson Button (com 149) e Lewis Hamilton (com 146) têm condições de conquistar o título. Desses, apenas o australiano jamais foi campeão do mundo. A partir do sexto melhor posicionado, Felipe Massa — que soma 74 pontos, e é preciso observar, faz temporada discretíssima pela Ferrari e tem como melhor resultado quatro quintos lugares —, nenhum dos competidores têm qualquer chance matemática de ser campeão nesta temporada.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Quadro de Ricardo Gomes permanece estável.


     O Hospital Pasteur divulgou novo boletim médico na tarde desta segunda-feira sobre a situação do técnico Ricardo Gomes. O treinador foi submetido a um eletroencefalograma e o resultado apresentou alterações previstas. O comandante cruz-maltino está estável e com as funções orgânicas dentro da normalidade, porém, respirando com auxílio de aparelhos.

Segundo Fernando Gjorup, diretor médico do Hospital Pasteur, o fato de Ricardo Gomes estar estável é um grande avanço para quem sofreu um acidente vascular encefálico (AVE) hemorrágico.

      - Nossa preocupação era a de ele piorar nas 72 horas depois do ocorrido. O fato de ele estar estável já é algum avanço, mas é melhor não fazermos nenhuma previsão. O jeito mesmo é ter paciência - disse Fernando, que ressaltou que o atendimento quase imediato a Ricardo Gomes foi essencial.

      - O estado é grave e clinicamente estável. É preciso esperar o tempo passar. Apenas depois de 72 horas do ocorrido é que teremos informações sobre sequelas. O atendimento rápido foi fundamental, pois as sequelas dependem também da rapidez da atuação médica.

     O boletim não prevê novas intervenções cirurgicas em Ricardo Gomes.

Imprensa internacional repecurte problema de Ricardo Gomes.

     Depois de sofrer um acidente acidente vascular encefálico hemorrágico (AVE) durante a partida contra o Flamengo, no Engenhão, o quadro clínico do técnico do Vasco, Ricardo Gomes, ganhou destaque na imprensa internacional nesta segunda-feira. Ele foi atendido e levado ao Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde fez uma cirurgia para diminuir a pressão no tecido cerebral.

     Ídolo na França, onde defendeu o Paris Saint-Germain, Bordeux e Monaco, Gomes foi destaque do site "L'Équipe", que lembrou o fato do treinador ter um acidente vascular cerebral (AVC) no ano passado, de forma mais branda, quando era técnico do São Paulo. O jornal noticia também que o cruz-maltino deu entrada no hospital com pressão alta.

     Em Portugal, o treinador também teve passagem pelo Benfica. No país, o "Record" sai com a manchete de que a operação foi bem sucedida e Ricardo Gomes deverá ficar, no mínimo, oito dias internado.

      Na Espanha, o "AS" publica: "Ricardo Gomes em estado grave após acidente cérebro-vascular".


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Começa o final de semana em Spa e já temos os primeiros treinos.

     Depois de quase quatro semanas de férias, a F1 voltou às atividades em um dos circuitos mais tradicionais e preferidos de pilotos e equipes: Spa-Francorchamps. E na abertura dos trabalhos do fim de semana do GP da Bélgica, destaque para o homenageado da vez, Michael Schumacher, que completa 20 anos de carreira na categoria. O piloto da Mercedes foi o mais rápido do primeiro treino livre, nesta sexta-feira (26), e anotou 1min54s355. A marca do alemão foi registrada antes de a chuva desabar em Spa e mudar toda a dinâmica da sessão. Além do veterano, apenas Nico Rosberg registrou volta rápida antes da chuva. Jenson Button, da McLaren, foi o terceiro colocado e o primeiro com pista molhada.


Com capacete comemorativo, Schumacher liderou o primeiro treino livre na Bélgica



     Alçado à condição de titular da Renault neste fim de semana no lugar de Nick Heidfeld, Bruno Senna não teve boa estreia pelo time anglo-francês em Spa. Com a pista bastante encharcada, o brasileiro perdeu o controle de seu R31, quando fazia volta de retorno aos boxes, e bateu na curva 9. A suspensão e a asa traseira do carro preto e dourado de número 9 ficaram destruídas, ainda que a batida tenha sido leve. Senna concluiu o treino em 23º, à frente apenas de Daniel Ricciardo.

     Atual líder do Mundial, Sebastian Vettel foi o quarto colocado, seguido por Lewis Hamilton. Adrian Sutil foi o sexto, à frente de Felipe Massa e Rubens Barrichello. Jaime Alguersuari e Kamui Kobayashi completaram a lista dos dez primeiros do treino livre 1 em Spa-Francorchamps.

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps

      Com exceção de Hamilton, todos os pilotos foram à pista checar as condições do asfalto e também fazer as voltas de instalação. Mas ao contrário do que sempre acontece no início do primeiro treino livre do fim de semana, em Spa, as Mercedes foram as primeiras a marcar tempo. E não poderia ter sido outro a não ser Schumacher, com o capacete dourado em alusão aos 20 anos de F1, a anotar 1min55s007, marca que logo foi reduzida para 1min54s355. O homenageado na Bélgica foi seguido por Rosberg.

     Logo os W02 recolheram aos boxes. Quase no mesmo momento em que a tradicional chuva em Spa deu as caras pela primeira vez na sessão — aos dez minutos —, bem no meio de uma volta rápida de Sutil, que teve de voltar aos boxes sem tempo cronometrado. O volume de água foi intenso em alguns trechos do circuito, e mais brando em outros, como é comum no circuito belga devido à sua extensão — 7.004 m.



Schumacher garantiu o melhor tempo da sessão antes da chuva dar as caras em Spa




     A chuva deu um tempo, e com pouco mais de 20 minutos depois, Vettel foi o primeiro a deixar os boxes depois do temporal e guiou o RB7 com pneus intermediários. Mas a pista estava tão encharcada que logo o atual campeão do mundo e líder do campeonato recolheu de volta aos boxes. Em seguida, foi a vez de Hamilton, também com intermediários, conhecer as condições do asfalto belga e logo voltou ao pit-lane.

      O primeiro a completar volta rápida com a pista molhada foi Sutil, que foi quase 22s mais lento que o compatriota Schumacher. O piloto da Force India cravou 2min16s282 na metade da sessão, faltando 45 minutos para o fim. Pouco depois, foi a vez de Senna deixar os boxes para abrir volta cronometrada. Com pneus para chuva intensa, o novo titular da Renault registrou 2min17s310, garantindo o sexto tempo.

      Faltando 40 minutos para o fim da sessão, apenas oito pilotos haviam registrado volta. Além de Schumacher e Rosberg, os únicos a estabelecer tempo rápido antes da chuva, Alguersuari, Buemi, Sutil, Pérez, Senna e Kobayashi apareciam na tabela de tempos em Spa-Francorchamps.



Em sua estreia como titular da Renault, Senna bateu e terminou o treino em 23º



      Pouco a pouco, os pilotos conseguiam melhorar os tempos. Sutil, por exemplo, conseguiu reduzir sua marca em quase 2s. Bruno também andou 2s5 mais rápido em relação ao seu primeiro giro cronometrado. Mas a pista ainda estava muito longe de uma secagem, tornando o tempo de Schumacher praticamente imbatível.

     Mas a alegria de Senna durou pouco, bem pouco. Na volta de retorno para os boxes, o brasileiro perdeu o controle do R31 na pista molhada, perdeu a traseira do carro e bateu na barreira de pneus da curva 9. A batida não chegou a ser forte, mas foi o suficiente para danificar tanto a asa quanto a suspensão traseira.

      Aos poucos, o trilho de pista seca foi se formando em alguns trechos do circuito de Spa. E com a melhora da condição do asfalto, os tempos, consequentemente, também foram reduzidos. Button foi o mais rápido dentre os pilotos que marcaram tempo com pista molhada. O britânico cravou 2min09s682, seguido por Webber, Vettel e Sutil. Estranhamente, Massa foi um dos únicos a não marcar tempo, assim como Hamilton e Maldonado, faltando 15 minutos para o fim da sessão.

      No mesmo ponto onde bateu Senna, Di Resta não conseguiu controlar o VJM04 e bateu leve, de lado, na curva 9. Para ter mais tempo para remover o carro do novato, a direção de prova acionou a bandeira vermelha e interrompeu o treino. O escocês voltou para os boxes a bordo de um carro de serviço. O treino foi retomado quando faltavam sete minutos para o fim.

     Nos instantes finais, vários pilotos conseguiram melhorar suas marcas, com destaque para a McLaren. Hamilton e Button chegaram a assumir o primeiro lugar, com vantagem para Jenson. No fim da sessão, o campeão do mundo em 2008 perdeu o quarto posto para Vettel. Um pouco mais atrás, Massa assinalou o sétimo tempo, seguido por Barrichello, que conquistou uma boa oitava marca.


Chuva atrapalhou um pouco os novatos em Spa


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Fernando Alves Firmino analisa os grupos da Liga dos Campeões

O ESPORTESNET acompanha tudo sobre a Liga dos Campeões
     Vamos agora dar uma olhada nos grupos da Liga dos Campeões, que nesta quinta-feira dia 25 de Agosto de 2011 teve seu sorteio na belissima Mônaco.

     Grupo A: Bayern de Munique, Villarreal, Manchester City e Napoli.
      Este é com certeza o grupo mais equilibrado com as equipes mais niveladas, com vantagem para Bayern e City que devem se classificar, mas não deve se descartar o Napoli que pode ser o fiel da balança.

     Grupo B: Inter de Milão, CSKA Moscou, Lille e Trabzonspor(TUR).
     No B a Inter é a grande favorita, pelo segundo posto a briga fica entre CSKA e Lille, o clube Turco que entrou pela confusão juridica que vive o futebol turco não deve assustar ninguém.

     Grupo C: Manchester United, Benfica, Basel(SUI) e Otelul Galati (ROM).
     No Grupo C, United e Benfica não devem ter dificuldades para despontarem entre os primeiros.

     Grupo D: Real Madrid, Lyon, Ajax e Dínamo Zagreb(CRO).
     Este é sem dúvida o grupo mais forte da Liga com destaque para o Real mas não podemos destacar o super campeão françês Lyon o tradicional Ajax e o Dínamo que sempre é dificil de ser batido em seu território.

     Grupo E: Chelsea, Valência, Bayer Leverkusen e Genk(BEL).
     Chelsea é favorito mas Valência e Leverkusen brigam pelo segundo posto o clube belga só vai servir para os outros conseguirem saldo de gols.

     Grupo F: Arsenal, Olympique de Marselha, Olympiakos e Borussia Dortmund.
     Um grupo nivelado por baixo, onde o Arsenal que sempre tem uma boa equipe mas muito imatura, junto com o Borussia são os favoritos, mas a equipe de Marselha pode ser a surpresa do grupo e o esforçado Olympiakos vem a ser o cavalo paraguaio.

    Grupo G: Porto, Shakhtar Donestk (UCR), Zenit São Petesburgo (RUS) e Apoel (CHP).
    Aqui Porto e Shakhtar não devem ter trabalho para classificar-se a segunda fase do torneio.

     Grupo H: Barcelona, Milan, BATE Borisov (BLR) e Viktoria Plzen (TCH).
     Barcelona e Milan cairam em um grupo facil onde só o confronto entre os dois será espetacular no mais, o clube Bielorusso e Tcheco não darão nenhum trabalho.

     32 equipe de 18 países começam a disputa pelo maior torneio de clubes de mundo.


video


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



 Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Denúncia: Sem manutenção, velódromo da USP está fechado desde os anos 90


Velódromo no campus da USP está fechado para o público desde os anos 1990; a pista é o único velódromo de SP
Velódromo da USP, fechado desde os anos 90



     Enquanto ciclistas são recebidos por tachinhas na USP, o velódromo do campus --o único da cidade de São Paulo-- está fechado desde o início da década de 1990, embora tenha condições para abrigar treinos.

     A presença dos "pelotões" de ciclistas que treinam no campus geram conflitos com outros usuários da Cidade Universitária não é de agora. Em 2005, a presença desses esportistas chegou a ser proibida e depois revogada.

     Mas até hoje são frequentes as reclamações de ambos os lados, além da recente "sabotagem" com tachinhas.

     Para o ex-ciclista de elite, Cleber Ricci Anderson, 44, que treina na USP, o velódromo, embora deteriorado, poderia abrigar treinos.

     A pista mais próxima fica na cidade de Caieiras, a 40 km de São Paulo, mas o desenho de suas curvas é menos seguro quando comparado ao da Cidade Universitária, na opinião do ciclista.

     Segundo Anderson, que já foi campeão paulista de ciclismo, os treinos de velocidade --feitos em pelotões nas ruas do campus-- são a parte mais "agressiva" do esporte e poderiam ser feitos ali.

      A parte de condicionamento, no entanto, permaneceria nas vias do campus.

     Mesmo ao considerar o local apto para receber treinos, Anderson lamenta o estado de conservação da pista e, principalmente das arquibancadas, que tem problema de estrutura visíveis, pela falta de manutenção.

      O espaço tem sido usado para festas das faculdades da USP, mas engenheiros já alertaram para problemas estruturais nas arquibancadas, para as quais deve ser observado um limite de pessoas.

     Já a pista, sem manutenção há quase duas décadas, apresenta infiltrações de água que levaram à formação de acúmulos carbonato de cálcio, como no processo de formação de estalactites em cavernas. Vistas de longe, parecem rachaduras remendadas com argamassa.

    O diretor do Cepeusp (Centro de Práticas Esportivas da USP), Carlos Bezerra de Albuquerque, diz que está aberto para que os ciclistas façam propostas para o uso do espaço. Dessa forma, seria possível tentar verbas no Ministério dos Esportes ou com a iniciativa privada.

     Quanto a verbas próprias da universidade para a reforma, o diretor afirma que a instituição não colocou o velódromo como prioridade, mas que já existe um plano diretor com projeto para reforma do espaço.

     O velódromo foi construído para os Jogos Pan-Americanos de 1975, que acabaram transferidos para a Cidade do México devido a um surto de meningite no Brasil.

Fonte: Folha Online

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Há exatos 24 anos, ouro do Brasil no Pan sobre os EUA mudou o basquete mundial

Seleção de Marcel e Oscar ganhou de virada, no segundo tempo, com um festival de arremessos precisos de três pontos





     Em 23 de agosto de 1987, há 24 anos, a seleção brasileira masculina venceu os Estados Unidos na final do basquete dos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis – façanha que se refletiria mesmo em mudanças do esporte mundial – como a importância e a aplicação regular da regra de arremessos de três pontos e mesmo a liberação de profissionais para jogar em Olimpíadas – os astros da NBA formaram o Dream Team, em Barcelona-1992.

     No Pan-1987, os brasileiros, comandados por Marcel e Oscar, derrotaram os norte-americanos virando o jogo no segundo tempo e estragando a festa que estava armada desde o intervalo (nem o hino brasileiro havia no ginásio, para o hasteamento da bandeira dos campeões).

      Jogadores como David Robinson, Danny Manning, Willy Anderson, Pervis Allison, Rex Chapman e Keith Smart, que depois iriam para a NBA, ficaram com a medalha de prata. E o ouro do Brasil foi capa no jornal The New York Times, com foto dos irmãos Marcel e Maury.

     O Brasil fechou 120 a 115 (54 a 68 no primeiro tempo), depois de ficar 22 pontos atrás no marcador. A vitória quebrou a série invicta de 24 partidas dos Estados Unidos na primeira derrota em casa em uma competição oficial.

     Os jogadores brasileiros, campeões pan-americanos: Oscar Daniel Bezerra Schmidt, Marcel Ponikwar de Souza, Israel Machado Campello Andrade, Gérson Victalino, Jorge Guerra, o Guerrinha, Ricardo Cardoso Guimarães, o Cadum, João José Vianna, o Pipoca, André Ernesto Stoffel, Maury Ponikwar de Souza, Paulo Villas Boas de Almeida, Rolando Ferreira Júnior e Sílvio Malvezi.

O técnico era Ary Ventura Vidal, com José Medalha de assistente técnico.

     Paulinho Villas-Boas, agora gerente técnico do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), que está com a seleção brasileira em preparação para o Pré-Olímpico de Mar del Plata, diz que - além da medalha de ouro – a conquista daquele Pan-1987 foi importante “pela formação de um grupo unido, comprometido, amigo e que treinava em todas as oportunidades possíveis”.

     - Estávamos superpreparados em todos os aspectos do jogo. E quando a oportunidade chegou, agarramos com unhas e dentes. Jogávamos alegres, com garra, com determinação e de maneira dinâmica e ousada. Utilizando a velocidade e a linha de três pontos como precisão


Geração do basquete brasileiro que quebrou hegemonia dos EUA em casa.


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Seleção Brasileira de Futebol pode ser a melhor da história em pan

  


     Na terça-feira (23), a CBF anunciou que a seleção brasileira sub-20, campeã mundial da categoria, representará o futebol masculino no Pan-Americano de 2011, em Guadalajara. Com isso, o Brasil deverá ter no México o melhor time do país na história dos Jogos.


Ney Franco, campeão mundial com a seleção Sub-20
     Até 2007, no Pan do Rio, a seleção brasileira era representada na maioria das vezes por equipes sub-17. Nunca o Brasil mandou jogadores do quilate de Neymar, Lucas, Casemiro, Oscar, Danilo, entre outros, titulares em seus clubes, para a competição. Em 2003, a grande estrela do Brasil era o atacante Dagoberto, do São Paulo, que na época tinha 20 anos e estava começando a carreira no Atlético-PR. Em 2007, o grande nome do time era o meia Lulinha, então no Corinthians, aos 17 anos.

    De olho na Olimpíada de 2012, a CBF resolveu investir na preparação do sub-20, já que boa parte dos campeões mundiais de 2011 deve estar em Londres. Em Guadalajara o limite de idade da competição será 22 anos, o que também pesou na decisão da entidade de mandar a equipe sub-20 em vez do time sub-17. Na Olimpíada, o limite é de 23 anos.

     Há 24 anos, em 1987, no Pan de Indianápolis, nos EUA, o Brasil conquistou sua última medalha de ouro no futebol masculino nos Jogos. O time, que só tinha 13 jogadores, era treinado por Carlos Alberto Silva e venceu o Chile por 2 a 0, na prorrogação, levando o título. As estrelas daquela equipe eram o goleiro Taffarel, que virou titular porque outros dois goleiros não puderam ir, e os zagueiros Ricardo Gomes e Ricardo Rocha, antes de se tornarem conhecidos.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Anzhi confirma a contratação do camaronês Eto'o

Atacante se tornará o jogador mais bem pago do mundo


Eto'o trocou a Inter pelo Anzhi (Foto: Reuters)



    A Inter de Milão e o Anzhi Makhachkala, time russo onde atua o lateral Roberto Carlos, fecharam, nesta terça-feira, o acordo para a transferência do atacante camaronês Samuel Eto'o.

    O anúncio foi divulgado pelo representante do clube russo, German Tkachenko, que participou das negociações para a contratação de Eto´o pelo Anzhi, que pagou R$ 62 milhões pelo atacante.

    Tkachenko garantiu, na saída da reunião realizada nesta terça-feira, em Milão, que o acordo estava fechado e que o anúncio oficial seria feito em breve.

    Além disso, o representante declarou que ainda faltam os exames médicos, previstos para serem realizados nesta quarta-feira, em Roma. Depois, será assinado o contrato.

    Segundo a imprensa italiana, o acordo com o jogador é pelas próximas três temporadas. Eto'o receberá R$ 46 milhões anuais, se tornando o jogador mais bem pago do mundo.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Zico encara violência no Iraque para treinar a seleção

Além disso, Galinho terá trabalho para fortalecer liga local e cuidar das categorias de base


Zico, o novo comandante iraquiano


     Zico está prestes a encarar, como ele mesmo qualifica, o maior desafio da carreira: dirigir a seleção do Iraque. Porém, mais do que fatores táticos, as maiores preocupações de quem chega ao país do Oriente Médio são a violência e a instabilidade política provocadas por guerras passadas e conflitos entre as etnias árabes (curdos, sunitas e xiitas).

     O brasileiro Jorvan Vieira, um verdadeiro herói no país por ter levado o Iraque ao título da Copa da Ásia, em 2007, quando comandava os Leões da Mesopotâmia (alcunha do time) se afastava da zona de conflito, morando ora na Jordânia, ora no Marrocos.

    Um dos antecessores do Galinho, Jorvan conta que recebeu o aparato da federação e, deste modo, a estadia no Oriente Médio não trouxe grandes dores de cabeça.

     – O Norte era mais seguro. Não havia a violência desenfreada de bombas e ataques terroristas. A base do trabalho estava lá – indicou Jorvan ao deixar a seleção.

     Além dos fatores extra-campo, Zico encontrará um time cujos principais jogadores atuam no exterior. Um dos novos desafios do ex-rubro-negro será fortalecer a liga local e cuidar das categorias de base.

    O Iraque disputará as Eliminatórias Asiáticas do Mundial de 2014 contra Jordânia, Cingapura e China. Apenas o vencedor da chave avança para a fase seguinte.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



 Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Ferrari já começa a trabalhar no carro da temporada 2012

Stefano Domenicali (Reuters)

     A equipe Ferrari não quer perder tempo nem terreno. Com ainda metade da temporada de 2011 para acontecer, nos bastidores o time já trabalha a todo vapor em seu carro para 2012. Para Domenicali, o bólido, que será 'muito inovador', já está 'em fase final de desenvolvimento'.

    – Em termos de desenvolvimento da Italia 150º, estamos quase no final da estrada, mas isso não significa que o trabalho no carro deste ano deu uma parada completa, mas a partir de agora, estamos trabalhando plena aceleração no carro de 2012 – explicou Domenicali.

      Para o chefão da Ferrari, muitas das lições de 2011 serão aproveitadas em 2012, mas a Ferrari está determinada a inovar seriamente no seu carro.

     – Posso dizer que, depois de ter visto o modelo no túnel de vento e os trabalhos em andamento no nosso escritório de desenho, ele vai ser uma máquina muito inovadora – revelou. – Queremos ser competitivos desde o começo da temporada-2012 – finalizou.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

terça-feira, 23 de agosto de 2011

BBC garante Bruno Senna a partir do GP da Bélgica

Bruno pode estar no GP da Bélgica




      A novela Bruno Senna parece que finalmente chegou ao fim. Segundo Eddie Jordan, ex-dono de equipe e colunista da BBC, o brasileiro ocupará a vaga de Nick Heidfeld na equipe Renault a partir da prova deste fim de semana, em Spa-Francorchamps, Bélgica.

     Desmotivados e desagradados dos trabalhos feitos pelo alemão, a cúpula do time já dava indícios de que tal saída era prevista, e Senna, como piloto de testes número um da equipe, assume a vaga de bandeja.

    Segundo o ex-dono da equipe Jordan, Eddie diz que Senna "leva milhões de libras em patrocínios" ao contrário de Heidfeld, que já foi comandado pelo próprio Jordan durante a temporada de 2004.

     Essa será a primeira prova de Bruno Senna pilota um carro em uma corrida desde o Grande Prêmio do Brasil de 2010, quando ele disputava a temporada na pífia equipe Hispania.

     Ainda segundo Jordan, o brasileiro é esperado no cockpit da Renault durante todas as corridas restantes da temporada.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Prefeito diz que Rio superará meta do COI para quartos de hotéis até 2016





     Com 26 mil quartos em hotéis na cidade, sem contar vagas em albergues e motéis, o prefeito Eduardo Paes disse na manhã desta terça-feira (23) que o Rio vai superar com folga a meta do Comitê Olímpico Internacional para a rede hoteleira da cidade, que vai sediar os Jogos Olímpicos de 2016.

     Segundo o prefeito, até 2013 o Rio terá em torno de 30 mil quartos em hotéis, enquanto a meta do COI para a cidade é de 28 mil quartos em 2016.

     O secretário de Turismo, Antônio Pedro Figuera de Melo, disse que há projetos hoteleiros nas áreas que mais crescem na cidade, como Barra da Tijuca e Recreio, na Zona Oeste, e no Centro, principalmente na Zona Portuária, que será revitalizada com o projeto Porto Maravilha.

Hotel Bragança

     O secretário ressaltou ainda a importânca da recuperação de antigos hotéis como o Hotel Bragança, na Lapa, ao lado Sala Cecília Meireles. Segundo a prefeitura, o prédio, histórico, era o local onde se hospedavam os senadores da República.

     "O prédio estava abandonado, invadido. Vamos recuperar", disse o secretário.

     Segundo o prefeito Eduardo Paes, o calendário de eventos do Rio pede uma rede hoteleira à altura.

      "Hoje não há no mundo cidade que sedie tantos eventos tão grandes", disse ele, referindo-se ao Rock in Rio, este ano, à Jornada da Juventude Católica, em 2013, à Copa, em 2014, à festa dos 450 anos da cidade, em 2015, e os Jogos Olímpicos, em 2016.

40 mil novos empregos

     O presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, Alfredo Lopes, estima que os novos empreendimentos criarão 40 mil novos empregos, diretos e indiretos.

     "A qualificação da mão de obra é um desafio. Na África do Sul, na Copa, por exemplo, não havia táxis, mas todos falavam inglês, o que facilitou muito para o turista", disse. Ele calcula que entre albergues, motéis e hotéis hoje existam 30 mil quartos na cidade.

     "Para nossa surpresa, após o pacote olímpico de incentvos da prefeitura, já temos licenciados para construção imediata cinco mil quartos", ressaltou ele.

     Lopes lembrou que a Barra já começa a se consagrar como destino do turista por causa das muitas arenas, das feiras no Riocentro e dos hotéis de grande porte

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Jóbson fecha mais uma porta e agora, para onde vai ?



Jóbson (ESQ) não pode defender nenhum time na Série A do Brasileirão em 2011.


     Com mais uma dispensa na carreira, o atacante Jobson conseguiu a façanha de fechar mais uma porta, desta vez a do Bahia. Só que o jogador, ao ser afastado por indisciplina, arrumou um problema e tanto para a continuar a jogar em 2011. É que como ele já superou, e muito, a marca dos seis jogos pelo Tricolor no Brasileiro (já entrou em campo 15 vezes), não é mais possível uma transferência para outro time da Série A.

     Quando se é levada em conta as transferências interestaduais feitas pelo atacante nesta temporada (Do Rio para Minas Gerais e depois Bahia), o cerco se fecha ainda mais. Jobson só está liberado para atuar por clubes do Rio. No atual cenário, o clube em questão seria o Duque de Caxias, que é o lanterna da Série B. Ele também pode optar pelo Madureira ou Macaé, ambos na Série C.

     O próprio Botafogo, dono dos direitos federativos do jogador, já avisou – através do gerente de futebol Anderson Barros - que Jobson não voltará para o clube de General Severiano e que o Alvinegro não assinará a rescisão contratual com o Bahia.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Jogadores mantêm ameaça de greve no Futebol Italiano.


     Com o futebol espanhol atualmente no meio de uma greve de jogadores, a Itália encara a possibilidade real de seguir o mesmo caminho. A Associação de Jogadores da Itália (AIC) manteve sua posição de fazer uma greve na rodada de abertura do Campeonato Italiano, marcada para este fim de semana, caso um novo acordo coletivo não seja fechado.

     O antigo acordo coletivo, relativo aos direitos dos jogadores, expirou há um ano, e a temporada 2010/2011 da Série A Italiana foi duas vezes ameaçada por greves antes de serem descartadas. A AIC está especialmente preocupada com a possibilidade de os clubes tentarem a forçar seus jogadores no último ano de contrato a se transferirem, obrigando aqueles que se recusassem a fazer isso a treinarem separados do restante do elenco.

     A AIC teve um reunião sem muito sucesso com representantes de clubes nesta segunda-feira (22/08). Um encontro com a Liga Italiana de Futebol programada para quarta-feira (24/08).

     “Se não assinarmos o novo acordo de trabalho, a primeira rodada será adiada. Depois de um ano, não podemos chamar isso de ameaça. O fato é que não podemos iniciar a nova temporada sem um novo acordo trabalhista. Você terá de perguntar à Liga quais são as chances de nós chegarmos a um denominador comum. Queremos começar a temporada, porque isso significará que um acordo coletivo de trabalho foi assinado”, afirmou o presidente da AIC, Damiano Tommasi, de acordo com a agência de notícias “AFP”.

     Tommasi ainda declarou que os jogadores terão de pagar um novo imposto, recentemente imposto pelo governo italiano como parte de seu pacote de austeridade, que se aplica a altos salários. Cidadãos da Itália pagam um imposto de 5% adicionais sobre os rendimentos acima de € 90 mil ou um adicional de 10% sobre os ganhos acima de € 150 mil.

     Entretanto, o principal ponto de discórdia continua a ser o tratamento controverso de jogadores no último ano de seus contratos, referido como o artigo 7. “Se o contrato não for assinado apenas devido à interpretação do artigo 7, isso significa que há outros motivos”, falou o presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), Giancarlo Abete, à agência de notícias “ANSA”.

     “E se esse for o caso, então seria uma boa idéia detalhá-los diretamente. Dentre todos os problemas que este país tem, toda essa atenção a esse ponto me deixa envergonhado de ser um cidadão”, concluiu o dirigente.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



 Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

São Paulo e Palmeiras ficam no empate em jogo quente, mas não muito bonito.




     São Paulo e Palmeiras empataram por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Morumbi, em jogo válido pela penúltima rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, Com isso, o Tricolor deixou escapar pela terceira vez seguida a oportunidade de encostar no líder Corinthians, que perdeu no sábado por 2 a 0 para o Figueirense, no Pacaembu. O Palmeiras, por sua vez, completou seis jogos sem vencer na competição e afastou-se mais do grupo das equipes que se classificarão para a próxima Copa Libertadores da América.

São Paulo e Palmeiras ficam no empate no Morumbi

     No primeiro tempo, o jogo teve domínio maior do São Paulo e Dagoberto deixou o dele após linda jogada, já na parte final. No segundo tempo, Felipão mudou o time e o zagueiro Henrique, que fez seu primeiro clássico no retorno ao Verdão, conseguiu empatar aos 16 minutos.

Marcão vai no fundo da rede após golaço de Dagoberto, abrindo o placar do Choque-Rei.

      Com o resultado, o Palmeiras se manteve na sexta posição, com 29 pontos. Já o Tricolor ficou na terceira, com 34 pontos, podendo ser ultrapassado pelo Vasco, que joga às 18h, contra o Fluminense, no Engenhão. O São Paulo ainda está na briga pelo Troféu Osmar Santos, dado pelo LANCENET! ao melhor time do primeiro turno, ao lado de Corinthians, Flamengo e Vasco.

EQUILÍBRIO E GOL DO TRICOLOR

     Ao contrário do que se esperava, já que Adilson iniciou a partida com três zagueiros, o São Paulo pressionou bastante. Dagoberto foi o principal homem do Tricolor no começo do jogo. Mas o primeiro lance de perigo foi criado pelo Verdão. Marcos Assunção lançou para Luan, que passou por Piris e chutou cruzado. Ceni espalmou e a zaga do tricolor afastou o perigo.

      Aos 17 minutos, após troca de passes entre Wellington e Rivaldo, o atacante chegou finalizando contra o gol do Verdão. A bola passou à direita do gol de Marcos, com muito perigo.

     E a pressão não parou: dois minutos depois, Fernandinho recebeu na entrada da área, girou e finalizou. Marcos fez uma ótima defesa e jogou a bola para escanteio.

      Na metade do tempo, o Palmeiras acordou e resolveu dar trabalho para Rogério Ceni. Marcos Assunção, em jogada tradicional, cobrou dois escanteios perigosos para o Verdão. No segundo, a bola pingou na área e Luan tentou, de bicicleta, mas Ceni espalmou. As equipes conseguiram equilibrar a partida. O São Paulo seguiu ainda pressionando mais, porém o Palmeiras conseguiu melhorar o desempenho no meio de campo e no ataque.

      Aos 38, Piris tentou cruzar para a área e Leandro Amaro cortou para escanteio. Dagoberto cobrou direto nas mãos de Marcos. No lance seguinte, Cicinho arriscou de muito longe e a bola passou longe do gol de Ceni.

      Foi então que Dagoberto, o melhor em campo, mostrou que estava em uma tarde inspirada. Aos 41 minutos, o atacante recebeu passe de Rivaldo, passou por Leandro Amaro e aproveitou a saída de Marcos para marcar por cobertura. Um golaço para o Tricolor ir para o vestiário com mais tranquilidade.


DOMÍNIO E GOL DO VERDÃO

     Na volta para o gramado, Felipão resolveu mudar o Palmeiras: ele tirou o volante Marcio Araújo e colocou o atacante Maikon Leite. Nos primeiros minutos, o resultado foi positivo e o Verdão conseguiu chegar mais na área do São Paulo.

     Maikon Leite tentou finalizar da entrada da área, aos 3 minutos, mas a bola desviou na zaga do Tricolor. Logo depois, Marcos Assunção cobra escanteio no segundo pau e Ceni se estica todo para espalmar. Ainda com um domínio, Kleber avançou para a área e cruzou, ninguém do São Paulo conseguiu tirar e Patrik acertou uma cabeçada em direção ao gol. No susto, Ceni faz outra grande defesa evitando o empate.

      Aos 16 minutos, o Verdão soube aproveitar a pressão e marcou o gol de empate. Marcos Assunção cobrou falta na área e Henrique cabeceou no ângulo de Rogério Ceni.

      Após o gol, o jogo ficou equilibrado. O São Paulo desperdiçou uma boa oportunidade após cobrança de escanteio de Dagoberto, quando Rhodolfo cabeceou para fora. No lance seguinte, Marcos Assunção tentou novamente lançar a bola na área, após o escanteio, mas a zaga afastou. Luan ficou com o rebote, chutou e Ceni defendeu.

     Nos minutos finais da partida, as duas equipes pareciam estar satisfeitas com o empate e o jogo terminou sem nenhum lance perigoso.

      Na próxima rodada, a última do primeiro turno, as duas equipes irão disputar clássicos novamente. O Palmeiras enfrentará o Corinthians, no Prudentão, em Presidente Prudente, às 16h, de domingo. E o São Paulo, no mesmo horário e dia, visita o Santos, na Vila Belmiro.


Ceni observa bola cabeçeada por Henrique, do Palmeiras, empatando o jogo.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 1 PALMEIRAS
Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 21/8/2011 - 16h
Árbitro: Cleber Wellington Abade (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcio Luiz Augusto (SP)
Público e renda: R$ 587.700,00 / 16.813 pagantes
Cartões Amarelos: Cicinho (PAL)
GOLS: 41'/1ºT, Dagoberto (SPO); 16'/2ºT, Henrique (PAL)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Rhodolfo, Xandão e João Filipe; Piris, Wellington, Carlinhos, Rivaldo (32'/2ºT, Cícero) e Juan; Dagoberto e Fernandinho (24'/2ºT, Marlos). Treinador: Adilson Batista.

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Rivaldo; Chico, Marcio Araújo (Intervalo, Maikon Leite), Marcos Assunção e Patrik (33'/2ºT, João Vitor); Luan e Kleber. Treinador: Luiz Felipe Scolari.


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br



Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c